sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Entre nós.

A cada passo um nova realidade.

Sou surpreendida pela vida.
Ouço uma voz como o som de muitas águas.
Tento me recordar da voz...sei que a conheço, mais não consigo saber quem é que fala.
Ah...logo entendo que é Você.
Você me pede para que eu entregue tudo, hesitante digo que tenho medo.
Você me diz: Confie em mim.
Seguro na Sua Mão e fecho meus olhos.
Ainda tenho medo, mais começo a sentir paz.
A verdade invade e me faz enxergar.
Começo a compreender e resolvo entregar.
Deixo nas Tuas Mãos minhas certezas, meus sonhos,planos e vontades.
Começo a me sentir vazia.Você me preenche.
Quero dizer algo, mais não consigo.
Silencio o coração.
Sem dizer uma única palavra Você abre meus olhos pra uma nova vida.
Nela encontro muito mais do que pensei, sonhei e imaginei.
Diante dessa nova vida que Você me apresenta, meus sonhos parecem pequenos.
Tudo que entreguei parece não ter mais importância.
Me pergunto se tudo isso realmente é pra mim.
Antes que eu pergunte, Você me responde.
Me diz que isso é o que Você sonhou pra mim.
Penso como conseguirei alcançar.
Você me diz: Pela fé, você já alcançou.
Sinto uma alegria contagiante, tenho vontade de pular e cantar.
Não consigo esconder o sorriso.
Meu coração dispara, meus olhos brilham como o sol de uma manhã de domingo.
Começo a cantarolar melodias, não tenho palavras pra expressar.
Você ri.
Começo a ter medo de acordar.
Você me diz que não é um sonho.
Lembro que é impossível.
Você me diz que é possível se eu crer.
Quando o medo começa a tomar conta, meus olhos já não conseguem Te contemplar.
Peço que volte, você me diz que ainda está ao meu lado.

Luto contra o meu eu.
Meus pensamentos me fazem lembrar quem sou.
Meus pecados me consomem.
Você estende Suas Mãos.Vejo marcas em Seus punhos.
Lembro-me da Cruz.
Morte que me traz vida.
Sinto a dor. As lágrimas rolam.
Me pergunto que amor é esse.
Você me responde: É o amor que tenho por você!
Começo a me sentir pequena e incapaz de merecê-lo.
Você me diz que esse amor é de graça.
Grito que quero essa nova vida.
Você me diz: É sua.
Te pergunto o que queres em troca.
Você me diz: Nada.
Não entendo como algo que tem tanto valor não custa nada.
Você me diz que precisa ir.
Peço que fique.

Você me diz que habita em mim.
Te pergunto onde.
Você me diz...que habita em meu coração.
Te pergunto aonde vai.
Você me diz que precisa mostrar essa nova vida há todos.
Pergunto se Você vai demorar pra voltar.
Você me diz que depende.
Pergunto...do que.
Me responde...de você.
Antes que eu questione, me pede pra que conte a todos sobre essa conversa.
Digo que tenho medo que não acreditem em mim.
Você me diz...apenas fale,o mais cabe a Mim fazer.
Resolvo escrever o que houve entre nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário