sábado, 28 de novembro de 2009

Espero em Ti Senhor!

Caminhar com Jesus não é fácil...viver pela fé...
A cada dia o Senhor tem me convidado a deixar meu Eu para que Ele seja.
Alguns dias, nossa fé parece tão grande...sentimos força para enfrentarmos tudo e todos...outros porém, se não fosse a misericórdia e a graça de Deus...o que seria de nós?
Talvez você assim como eu, tenha uma promessa.
Quando recebemos uma promessa de Deus, nosso coração se enche de fé...mais conforme o tempo passa, nosso coração passa a ser um misto de sentimentos...ora confiamos, ora duvidamos...o tempo, as circunstâncias nos mostram uma realidade diferente da que Deus nos convida a crer.
Perseverar crendo na promessa é o nosso desafio.
Esta semana, pedi ao Sr uma Palavra...algo que confortasse meu coração e Ele me conduziu ao Salmo 119...o maior Salmo da Bíblia...+ Deus falou comigo através deste versículo:
 "Lembra-te da promessa que fizeste ao teu servo, na qual me tens feito esperar". [Salmo 119;49]

Como é difícil esperar.
Promessas não são fáceis de se obter.
Exige de nós esforço, determinação e exige de nós o essencial: FÉ!
A Palavra nos ensina que devemos viver pela fé, que a fé remove montanhas, que tudo é possível ao que crê...
Mais assim como escutei num culto que fui ontem...fácil são as palavras, o difícil é colocarmos em prática.
Você só saberá se tem fé, quando a vida te colocar diante de circunstâncias que seu braço e seus recursos não podem resolver.
Talvez você ore e Deus nada fale.
É em meio ao silêncio de Deus, que você deve descansar.
Deus não volta atrás...se Ele prometeu algo a você e a mim, Ele vai cumprir!
Existem momentos que eu me sinto sem forças para continuar a crer.
Mais aí Deus me diz que Ele não me dá jugo maior do que o que eu posso carregar.
Me sinto fraca?
A alegria do Senhor é a minha força.
Assim como Abraão foi convidado a crer no impossível...cada um de  nós tem um impossível pra vencer.
Senhor...está difícil, mais eu não desistirei da promessa!
Sei que não tem prazer naquele que desiste, mais sim naquele que persevera.
Lembro-me de uma música que é muito especial pra mim...logo no início de minha conversão eu a ouvi na voz de uma pessoa que faz parte da promessa que Deus tem pra mim...sinto saudade dessa voz...aprendi a conhecer a Deus através de você...Sua voz sempre me levou pra mais perto de Deus.
Sempre que ouço essa canção...Deus me diz que vai realizar...só preciso Nele esperar.
Continue confiando no Deus que faz...e que realiza infinitamente mais.
Assim como lemos em Isaías 64;4- Não se ouviu e nem se viu, desde a  antiguidade, falar de um Deus que trabalha por aqueles que Nele esperam.
Espero em Ti Senhor!


Ao som de Jeová Jireh (Robson Nascimento)- a canção da minha vida!

sábado, 21 de novembro de 2009

Uma escolha. Uma decisão.

De que adianta você ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?


Hoje pela manhã lembrei dessa frase.
Pensei na felicidade que "aparentemente" muitas pessoas sentem, conquistas vazias, sonhos distorcidos...
Felicidade sem Jesus não é felicidade, é apenas ilusão!
A cada dia tomo consciência de que a Cruz precisa ser lembrada e sentida todos os momentos...O sacrifício não pode ser esquecido.
Precisamos aprender a valorizar a remissão de nossos pecados não com valores humanos e corrompíveis, mais entender que Seu sangue foi capaz e é capaz todos os dias de me purificar, me limpar, me curar e me tornar mais alvo do que a neve.
Não devemos ter medo de nos expormos diante Dele.
Antes mesmo de existirmos, Ele já era.
Ele já existia e por Suas mãos fomos criados. Por Suas mãos fomos sarados. Por Suas mãos fomos salvos.
Nunca entendi muito bem essa felicidade que o mundo sente.
Principalmente algumas pessoas que conheço, que já entregaram sua vida a Jesus, já andaram com Ele, já sentaram na mesa com o Pai e hoje vivem suas vidas como se nada tivesse acontecido.
Como isso Meu Deus?
Se o nome Dele por si só já marca e transforma uma vida, imagina então andar com Ele, viver com Ele...
Aprendi que por mais que eu queira, sou incapaz de entender.
Que amor é esse que alcança os afastados, as prostitutas, os doentes, os religiosos, os pecadores...?
Que amor é esse que perdoa e esquece e independente do pecado, o joga no mar do esquecimento?
É o amor de Jesus.
Vivemos dias em que nossos olhos espirituais precisam estar abertos.
O engano, a mentira...nos rodeiam e nos iludem.
Que nenhum sonho e realização por maior que seja, esteja entre a Cruz e eu.
Que em meus olhos e acima de tudo em meu coração, Ele esteja.
Posso ver a Cruz vazia! Posso ver Ele através Dela!
Que nenhum erro e pecado nos faça esquecer que NADA e nem Ninguém poderá nos separar do amor de Deus!
Meu pastor costuma dizer uma frase muito sábia: A distância entre você e Deus depende unicamente de você!
Tanto eu como você podemos escolher hoje e agora mesmo onde Ele deve estar.
Jesus pode estar muito perto...tão perto que possa ouvir as batidas do seu coração...Tão perto que mesmo que as lágrimas rolem, Ele consegue enxugá-las. Tão perto para trazer respostas a toda dúvida e incerteza. Paz ao coração contrito. Alegria ao de espiríto triste. Amor ao que se sente só.
Como também pode estar tão longe que mesmo que você tente orar, sabe que as orações não passam do teto. Tão longe que SEUS pensamentos, SUAS indecisões te ceguem de tal forma que você não consiga ver nada além de você. Tão longe que o seu problema pequeno se torna gigante...
Depende de nós este relacionamento.
Andar com Ele é uma escolha. Ser realmente seu discípulo uma decisão.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Por Ricardo Gondim

Puxa...li isso hoje e fui muito edificada...o Pastor Ricardo Gondim escreve coisas inteligentes, profundas...traz um certo desasossego dentro da gente, nos faz refletir...grande inspiração...
De que vale o que escrevemos se isso não alcança a vida de alguém?


Em busca de lágrimas absolutas

Por Ricardo Gondim


Minhas antigas amizades se dissolvem como bolhas de sabão. Esqueci nomes. Mal consigo lembrar os olhos de quem já passou por minha vida. O passado diluiu momentos que poderiam torná-los familiares. Fiz-me irmão, e doei-me inteiramente a companheiros, mas hoje hesito. Desconfiado, reparto pedaços do coração. Não suporto imaginar a dor de outras separações, de mais decepções.
Tenho medo de abrir os porões da alma. A desarrumação de minha casa faz sentido para mim. O que os outros consideram bagunça, tem uma sincronicidade própria, que me deixa em paz. Vacilo em rasgar os envelopes selados, onde escondo segredos. Sei detectar os traumas que me deixaram chorão, os complexos que me deram olhos melosos, as circunstâncias que me fizeram viver à beira do pranto, as fragilidades que me transformaram em tímido. Mas não pretendo explicar nada a ninguém.
Tornei-me cauteloso quando brinco e rio. Fujo dos que procuram analisar a minha felicidade; ela não carece de julgamentos. O riso que meus lábios desenham não tem que ser explicado. Introjeto a alegria para que não seja pisoteada como a pérola da parábola. Prezo em não deixar vazar frágeis contentamentos; a pouca riqueza que amealhei merece ser guardada debaixo de mil segredos.
Olho para colegas e antecipo navalhadas. Resguardo as costas dos estiletes da inveja. Assusto-me. As maldades que já sofri são parecidas com as que eu próprio já acalentei no peito. Se não sei explicar o porquê de atitudes mesquinhas em mim, também não justifico a estreiteza que observo no próximo. Não sou pior nem melhor que os demais. Por isso, cerco o quintal de casa contra lobos ferozes. Sempre espero alguém ávido para destruir o pedacinho da dignidade que me resta.
Meus desalentos não serão rasos. Desço às regiões abissais da angústia. Envolvo-me na absoluta escuridão da casmurrice; que o lençol do desgosto me isole. Quero ficar na quarentena dos tristes. E provar a verdade de que “são bem-aventurados os que choram, porque serão consolados”.



sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Entre nós.

A cada passo um nova realidade.

Sou surpreendida pela vida.
Ouço uma voz como o som de muitas águas.
Tento me recordar da voz...sei que a conheço, mais não consigo saber quem é que fala.
Ah...logo entendo que é Você.
Você me pede para que eu entregue tudo, hesitante digo que tenho medo.
Você me diz: Confie em mim.
Seguro na Sua Mão e fecho meus olhos.
Ainda tenho medo, mais começo a sentir paz.
A verdade invade e me faz enxergar.
Começo a compreender e resolvo entregar.
Deixo nas Tuas Mãos minhas certezas, meus sonhos,planos e vontades.
Começo a me sentir vazia.Você me preenche.
Quero dizer algo, mais não consigo.
Silencio o coração.
Sem dizer uma única palavra Você abre meus olhos pra uma nova vida.
Nela encontro muito mais do que pensei, sonhei e imaginei.
Diante dessa nova vida que Você me apresenta, meus sonhos parecem pequenos.
Tudo que entreguei parece não ter mais importância.
Me pergunto se tudo isso realmente é pra mim.
Antes que eu pergunte, Você me responde.
Me diz que isso é o que Você sonhou pra mim.
Penso como conseguirei alcançar.
Você me diz: Pela fé, você já alcançou.
Sinto uma alegria contagiante, tenho vontade de pular e cantar.
Não consigo esconder o sorriso.
Meu coração dispara, meus olhos brilham como o sol de uma manhã de domingo.
Começo a cantarolar melodias, não tenho palavras pra expressar.
Você ri.
Começo a ter medo de acordar.
Você me diz que não é um sonho.
Lembro que é impossível.
Você me diz que é possível se eu crer.
Quando o medo começa a tomar conta, meus olhos já não conseguem Te contemplar.
Peço que volte, você me diz que ainda está ao meu lado.

Luto contra o meu eu.
Meus pensamentos me fazem lembrar quem sou.
Meus pecados me consomem.
Você estende Suas Mãos.Vejo marcas em Seus punhos.
Lembro-me da Cruz.
Morte que me traz vida.
Sinto a dor. As lágrimas rolam.
Me pergunto que amor é esse.
Você me responde: É o amor que tenho por você!
Começo a me sentir pequena e incapaz de merecê-lo.
Você me diz que esse amor é de graça.
Grito que quero essa nova vida.
Você me diz: É sua.
Te pergunto o que queres em troca.
Você me diz: Nada.
Não entendo como algo que tem tanto valor não custa nada.
Você me diz que precisa ir.
Peço que fique.

Você me diz que habita em mim.
Te pergunto onde.
Você me diz...que habita em meu coração.
Te pergunto aonde vai.
Você me diz que precisa mostrar essa nova vida há todos.
Pergunto se Você vai demorar pra voltar.
Você me diz que depende.
Pergunto...do que.
Me responde...de você.
Antes que eu questione, me pede pra que conte a todos sobre essa conversa.
Digo que tenho medo que não acreditem em mim.
Você me diz...apenas fale,o mais cabe a Mim fazer.
Resolvo escrever o que houve entre nós.

domingo, 8 de novembro de 2009

HOJE EU QUERO...

Decidi que chegou o tempo de pagar alguns preços na minha vida e quero caminhar neste propósito até o fim.
HOJE EU QUERO...Viver pela fé! Ser REALMENTE uma mulher de Deus...Não apenas de palavras, mais com uma real atitude e compromisso com Ele. Entender que ser mulher de Deus nada tem haver com ser uma super mulher maravilha de Deus- que pode tudo e não precisa de nada e nem de ninguém, mais sim com uma mulher que sabe reconhecer suas fraquezas e limitações e que depende totalmente Dele!
HOJE EU QUERO...fechar brechas, resistir ao diabo e entender que por mais atraente e prazeroso que o pecado possa ser, ele é simplesmente a maior arma que o inimigo usa para me afastar do Meu Deus e me impedir de ser quem Ele me chamou para ser...Separada para ELE!
HOJE EU QUERO...entender que os dons foram feitos para serem multiplicados e não enterrados. Que preciso dar frutos, porque tudo aquilo que não dá frutos Ele lança fora. Entender que ministério não é fardo e nem obrigação, mas prazer e paixão de honrar a Deus com o que Ele confiou em minhas mãos.
HOJE EU QUERO...fazer com que as pessoas sejam impactadas pelo amor de Deus através do meu amor por elas. Fazê-las compreender que não sou perfeita e nem espero que elas sejam e que criar expectativas e conceitos apenas nos afastam de mostrarmos quem realmente somos e de conhecermos as pessoas como elas realmente são.
HOJE EU QUERO...viver todos os dias o processo de transformação e cura que o Oleiro está realizando em mim. Que ser moldada por Ele pode doer no início, mais que sempre valerá a pena me tornar vaso de honra para Ele usar.
HOJE EU QUERO...fazer da minha boca um instrumento Dele e que cada palavra que sair dela seja cantada ou falada pode trazer vida ou morte. Cabe a mim escolher sua serventia.
HOJE EU QUERO...abrir meu coração para o direcionamento de Deus e aprender a usar Sua Palavra como arma espiritual contra toda e qualquer condenação e obra do maligno. Tirar toda e qualquer área da minha vida que possa ter alguma atuação dele...fazê-lo estar no lugar dele: debaixo dos meus pés!
HOJE EU QUERO...me importar menos com opiniões e preconceitos, mais buscar enxergar as pessoas com os olhos de Deus. Ver nas pessoas o melhor que elas podem ser e amá-las independente de quem sejam ou do que façam.
HOJE EU QUERO...aprender a ser ADORADORA e deixar de ser cantora.
Fazer com que a música saia da minha boca, entre na minha alma, cure meu coração e mova meu espiríto.
Que meu louvor liberte cativos,traga alegria aos que estão tristes, traga verdade aos que vivem na mentira e leve as pessoas a estarem mais próximas Dele.
HOJE EU QUERO...buscar ter mais fé, vida de oração constante, ter cada vez mais um relacionamento e uma comunhão com Deus, mais entender que tudo isso sem obras e sem AMOR não tem sentido.
HOJE EU QUERO...deixar Deus fazer as coisas do jeito Dele e no TEMPO DELE. Parar de querer acertar os ponteiros do relógio da vida.
Cada momento é único e cada benção tem seu tempo certo para chegar.
HOJE EU QUERO...entender que posso escolher todos os dias ser vencedora ou ser derrotada.
Derrubar gigantes ou ser engolida por eles.
Segurar nas mãos de Deus e passear na fornalha de fogo ou ser consumida pelo medo e pela falta de fé.
Atravessar o Mar vermelho ou continuar na escravidão e rodeando a terra sem nada possuir.
Ficar olhando as circunstâncias e afundar no mar ou olhar pra Ele e andar sobre águas.
HOJE EU QUERO...Viver as promessas que Ele tem pra mim e entender que Ele não mudou, Ele ainda é o mesmo, ainda que minha fé não tenha capacidade de ver ou dimensionar Sua grandeza.
Entender que cada dia é um milagre e que o sacrifício da cruz é a maior prova de Seu amor e da minha salvação...independente de quem eu seja, do que eu faça ou do que eu fiz.


HOJE EU SÓ QUERO...ser feliz!